Congregação suja como vômito, é isso que somos?



Esta é a igreja Batista de Westboro, uma igreja em que o Amor de Cristo foi substituído cruelmente pelo ódio a todos os diferentes. É isso que a igreja institucional tem se tornado? Um império de pessoas que não defendem mais a fé em Cristo e sim apenas suas doutrinas pervertidas e anticristãs?

Fiquemos com a música abaixo como reflexão:


"Infligido ódio nas veias das minhas emoções, dos meus caminhos.
Desalinhado do Salvador da humanidade, coberto de beleza, mas podre por dentro.

Como imprudente é ver um santuário se tornar uma prisão.
Derrubar a verdade da pregação das bocas e vindo por essa trilha horrível.
Fofoca, inveja, malícia, cegueira, apenas as coisas que você vê no mundo.
Mas a cada passo que dão, a fé é encerrada, a esperança é frágil

O que aconteceu com o Amor na igreja?
Porque você não pode ver que a salvação vale a pena?
O que aconteceu com Amor na igreja?
Porque você não pode ver que a salvação vale a pena?
Maneiras de Satanás trazer lesão, a desfeita da alma
Ainda esperando para ter o que dizer, ainda envolvido no ardor da inveja.
Ainda envolvido no ardor da inveja.
Vitória, vejo o mar se contorcendo
Traz as mentiras dentro do fogo que consome.
Fogo consome minhas entranhas, trazendo-me uma vida de dor
Refúgio de perversão. Congregação de vômito."

(Encryptor - Vomit Congregation)

Cretenses na igreja brasileira


Republicando aqui esse que foi o melhor post que eu já escrevi, ele originalmente se encontrava apenas no  
Webevangelista, mas a repercussão foi tamanha que estou republicando aqui no meu blog pessoal.


 Esse homem ai ao lado é Epimênides. Ele seria chamado por muitos falsos profetas de um "blogueiro recalcado" dos dias de Creta no século VI a.C. Um poeta e elevado, graças a sua denúncia sobre Creta, à condição de profeta pelo apóstolo Paulo em Tito 1:12, delatou que os cretenses em geral eram "sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos". Esse erro terrível dos moradores da ilha os levavam a ser como muitos de nós hoje em dia: enganadores e aproveitadores, que até mesmo usavam da fé do povo para tirar vantagem. Muitos falsos profetas atacavam nesse lugar, transtornando casas inteiras "ensinando o que não convém, por torpe ganância" (v.11) . Eram homens que tomavam coisas como impuras, ensinando um fundamentalismo tolo que trazia por trás ganância, rapinagem e uma vida desregrada e levada ao pecado (vv. 15 e 16).

Hoje em dia diversos "mestres" falsos se levantam, querendo apagar de nós todos a sã doutrina bíblica e nos levar a uma religiosidade fingida e guiada para nossos ganhos financeiros pessoais e nosso EU, nosso umbigo como deus, para sustentarmos nossos ventres preguiçosos. Haja campanha disso, desafio daquilo, tudo menos renúncia e cristocentrismo. Tudo para "nossos sonhos se realizarem", para "determinarmos" nossa vontade em detrimento da de Jesus. E isso tudo sem esforço algum. Afinal ser pobre "é uma doença, é ser um derrotado, Jesus não quer isso pra você, você é filho do Dono do Ouro e da Prata!" (trabalhar que é bom ninguém quer, só querem pilhar os céus).

E pra piorar estamos vivendo uma época em que não podemos mais repreender essas coisas, sob pena de sermos chamados de invejosos, caluniadores e desocupados. Paulo, Orígenes, Tertuliano, Agostinho e Lutero, seus fanfarrões!!!! Podiam se calar e continuar pregando o Evangelho de qualquer jeito ao invés de perderem seus tempos dando uma de apologistas!!!

O fato é que independente dos que se calam, nossa missão é FALAR E MUITO. Falar o que procede da sã doutrina (Tito 2.1), repreender os que pregam mentiras com TODA AUTORIDADE pra isso (Tito 1.13 e 2.15) e caso insistam, evitar esses tolos (Tito 3.9-11) mostrando a todos o quanto ele está caído e pervertido e assim podendo calar a voz deles para aqueles que ainda querem ouvir apenas a voz do Bom Pastor (Tito 1.11). E nós mesmos temos que buscar, como sacerdotes e defensores da fé, sermos irrepreensíveis (Tito 1.5-9), para que estejamos prontos para todo e qualquer combate em nome de Cristo e que ELE realmente seja louvado em tudo.

Deus nos abençoe e nos instrua a cada dia, nos dando coragem e discernimento para abrir nossos lábios para a Verdade ser proclamada!

A história do povo que se corrompeu




Houve uma época distante já, em que um povo muito interessante havia na Terra. Chamavam o nome deles de "o povo de Evan Gélicos", em referência à rocha em que se apoiavam e habitavam, chamada de Evan Gelion. Esse povo lutava contra uma coisa terrível advinda de um exército chamado "Menti-iRas". E lutavam com afinco contra esse povo, pois sabiam que eles vinham pra destruir suas mentes e matar não só a eles, mas a todos os povos da região que não pertenciam ao seu povo.

Um dia, entretanto, uma grande parte desse povo dos Evan Gélicos começaram a seguir propostas de trégua com o povo de Menti-iRas. Se embebedaram com eles e passaram com isso a aprender os discursos desse povo mau e espalhar esse mesmo discurso dentro de seu povo, dizendo que não só eram coisas boa, usando como desculpa serem "coisas novas, nunca reveladas até então para seu povo, coisas que trariam prosperidade, riquezas e alegria a todos". E muitos mais caíram nessas mentiras, e pior, começaram até mesmo a sair de cima da rocha de Evan Gelion, construindo seus lares nas tendas de Menti-iRas e coabitando com seus habitantes.

Logo, grande parte desse povo começou a se perverter e se misturar de tal forma, que começaram a negar suas raízes. Começaram a cada dia menos se parecer com o povo pacífico, honesto e bondoso de outrora. Começaram à promover guerras e cruzadas contra os povos vizinhos, à devorar suas ovelhas com impostos, tributos e falsas promessas de bençãos e proteção advindas de seus votos forçados. Passaram inclusive a ameaçar a todos com fogo, dizendo que todos que não fizessem tudo o que eles mandavam, iriam morrer. E isso nem foi só com os de fora: dentro da cidade principal, alguns se levantaram como pretensos reis e sacerdotes e passaram a explorar a cada um dos seus conterrâneos, principalmente aqueles que permaneciam lutando contra toda aquela balbúrdia. Esses alias se tornariam malditos para esses, que começaram a dizer que cada um deles eram baderneiros e que mereciam até mesmo a inquisição.

E assim caminha esse povo, mal sabendo eles que o dia do Rei deles chegar está cada dia mais próximo. E quando o Rei deles voltar, porventura achará ainda fiéis nesse meio?

(Lucas 18:8)  

MAMON - REVERBERIO

Dica do meu amigo Enock Lou.



Há muitos deuses presentes nesta terra.
Na verdade há uma guerra em pleno andamento.
E nesse movimento, não quero sair do Tom.
Vou descrever Mamon um deus tirano e ciumento.
O Tal Mamon vulgo dinheiro é como rato no celeiro destroi sem piedade.
E por ama-lo muitos perdem o tino desavenço e desatino e retornar as vezes é tarde.
O dinheiro é um péssimo senhor mas o bom domador pode torna-lo um escavo 
É é brabo quem discuida ele domina ilude e fascina faz o papél do cravo.
É prende compra e vende, seduz ninguem entende onde quer chegar.
É preciso tato meu camarada o vil é uma estrada que pode ou não te abençoar.

A vida tem montanhas e vales o amor ao dinheiro é raiz de todos os males.

Pra muitos o dinheiro é religião, motivo de adoração de noite e de dia.
Ocupando totalmente o pensamento e nem por um momento a mente esvazia.
O cabra sonha com libra esterlina, euro, dolar, ganhar na quina e acumular. 
É o credo da seita monetaria, intransigente e perdularia não se deixe dominar.
O dinheiro é um mal nescessario não sou contra ao contrario, tambem dele faço uso.
Mas o abuso é o que destroi, feito ferrugem corroe a gente entra em parafuso.
"Tendo o suficiente pra vestir e comer quero mais agradecer ao Deus todo poderoso".
Passo aperto, sufoco porem não estranho se acasso pintar um extra pra mim é ganho. 

A vida tem montanhas e vales o amor ao dinheiro é raiz de todos os males.

MAMON - REVERBERIO

Panfletos clássicos: "Jesus Salva" de T.L. Osborn

Nós iremos compartilhar com os irmãos uma relíquia: um panfleto evangelístico de Thomas Lee Osborn, hoje com 88 anos anos, respeitado evangelista pentecostal que em 1957 fez uma grande cruzada na Uganda, levando a palavra de Deus àquela região, para conhecermos uma síntese daquilo que poderíamos estar levando em nossos evangelismos pessoais e que infelizmente temos feito tão pouco isso.

OBS: O texto foi um pouco adaptado na questão de sinais ortográficos, pois é um panfleto muito antigo (anos 60).

"Já lançaste uma corda a uma pessoa prestes a perecer afogada, e a puxaste para terra firme? Já salvaste uma vida?

Alguém já te salvou da morte?

Já arrancaste alguém de uma casa a incendiar-se? Já salvaste alguém? Alguém já te salvou?

Estás salvo? Sabes que estás em perigo? Se continuares nos teus pecados, irás à perdição eterna no inferno. A Bíblia nos diz que todo o que não tem seu nome inscrito no Livro da Vida será lançado no inferno.

Quero dizer-te como podes ser salvo do inferno, salvo de teus pecados, salvo da morte, salvo da doença, salvo do mal.

Podes ser salvo imediatamente!

A Bíblia diz: "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores," I Timóteo 1.15.

O anjo disse: "Chamarás o seu nome Jesus, porque Ele salvará o Seu povo dos seus pecados." Mateus 1.21.

A Bíblia diz: "Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele." João 3.17.

E Pedro acrescentou: "Todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo." Atos 2.21.

O homem não foi criado para uma vida de pecado e doença. O homem foi feito para andar com Deus. Mas o homem pecou e seu pecado o separou de Deus.

Mas agora, graças a Deus, Cristo Jesus "Veio ao mundo para salvar os pecadores", para TE salvar.

Todos vós podeis ser salvos hoje. É isso de que careceis, ser salvos, e conhecer Jesus Cristo como vosso Salvador pessoal.

Mas o que quer dizer ser salvo?

PRIMEIRO: Quer fizer nascer de novo, tornar-se filho de Deus.

A Bíblia diz: "A todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus." João 1.12.

Como é grande maravilha que o homem pode renascer, nascendo na família real de Deus! Nasceste uma vez, nascendo no pecado, um filho de pecado, um servo do diabo. Ora Cristo diz: "Necessário vos é nascer de novo." João 3.7. Deves converter-te, salvar-te, mudar-te, ser feito de novo.

Se aceitares Cristo Jesus na tua vida hoje, tornar-te-ás um filho de Deus, pois "Cristo veio salvar pecadores." Queres renascer hoje?

O que mais significa ser salvo?

SEGUNDO: Ser salvo quer dizer receber uma nova vida espiritual.

Paulo diz: "Se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." II Coríntios 5.17.

É justamente isso que acontece quando Cristo te salva. Acontece uma conversão. Os desejos, hábitos antigos e doenças desaparecem. Tudo se torna novo. Recebes uma nova vida, uma nova natureza, novos desejos, novas aspirações. Recebes a vida de Cristo.

Ele disse: "Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância." João 10.10.

E o TERCEIRO  marco de ser salvo é o de receber paz.

Jesus disse: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou." João 14.27. Ele disse: "Tenho-vos dito isto, para que em Mim tenhais paz." João 16.33.

A paz verdadeira vem somente com o perdão e a salvação de Cristo. Os homens no pecado jamais alcançarão paz na alma. A Bíblia diz: "Para os perversos, todavia, não há paz, diz o Senhor". Isaias 48.22. Porém, "sendo justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo." Romanos 5.1.

Anseias tu pela paz na tua alma?

Então o QUARTO marco de ser salvo é ter comunhão com Deus.

Fostes criado à semelhança de Deus, para andar e conversar com Eele. Mas teu pecado te separou de Deus. Em vez de teres comunhão com o Pai atualmente, temes a Deus; o pensamento de encará-lO te atemoriza. Ficas condenado e com marcos da tua culpa diante de Deus por causa dos teus pecados.

É somente Cristo que pode salvar-te de teus pecados. Ele quer apagar todas as manchas e te apresentar a Deus com um registro limpo, como se jamais houvesse pecado. Então podes dizer como João: "A nossa comunhão é com o Pai, e com Seu Filho Jesus Cristo." I João 1.3.

Ele será um "AMIGO mais chegado do que um irmão." Provérbios 18.24.

Queres aceitá-lO hoje?

QUINTO: Ser salvo quer dizer receber a cura do físico.

A  Bíblia diz: "Servireis ao Senhor vosso Deus, e Eu tirarei do meio de ti as enfermidades." Êxodo 23.25.

A Bíblia diz: "É Ele que perdoa todas as tuas iniquidades, e sara todas as tuas enfermidades." Salmos 103.3.

A salvação inclui a cura do físico e o juízo perfeito. Ser salvo quer dizer ser são espiritual e fisicamente.

Nos Evangelhos, Cristo sempre perdoava os pecadores e curava os doentes e Ele "é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente." Hebreus 13.8.

Cristo está aqui para te salvar hoje. "Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação." II Coríntios 6.2.

Queres recebe-lO agora? Queres ser salvo? Ele prometeu: "Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Romanos 10.13.

Essa promessa é para TI, AGORA!"

Abaixo segue os scans do panfleto, caso queiram imprimir com a gravura ou queiram guardar imagens dessa relíquia, pois são poucos panfletos evangelísticos atualmente com uma mensagem tão marcante e direta como o desse (CLIQUE NAS IMAGENS PARA EXPANDIR).



Se eu pergunto muito é porque não acredito em nada?

Se eu pergunto muito é porque não acredito em nada?
Dúvida é parte da fé. A gente pensa que não, que a fé é uma espécie de certeza cega, absoluta e não espaço para nenhuma duvidazinha, nenhum medinho. Não é verdade. Qualquer espaço para questionamento pode ser aproveitado para aumentar e até se chegar à fé.
Tem gente que sente culpa por ter perguntas. Tem até gente de fé que diz não devemos perguntar muito, que fé é uma espécie de salto no escuro. Bobagem. Fé verdadeira é um passo num clarão muito claro, se me perdoarem a redundância.
Talvez você já tenha uma convicção qualquer sobre Deus. Talvez você seja ateu, porque meio que está na moda, ou pense que existem muitas verdade e qualquer uma serve.
Tudo é uma questão de fé, e se você é ateu, tem fé que Deus não existe, do mesmo jeito que um crente tem fé na existência dele. Não importa qual seja sua convicção, se você tem algum espaço para dúvida, uma pergunta qualquer na mente ainda este livro vai te ajudar.
Mas tão ruim quanto se sentir sem fé só porque se tem dúvidas, é pensar que sua  convicção é tão sólida que nunca poderá ser questionada. Existem  pessoas que se aferram às suas convicções não por causa de certeza mas por causa de medo. O medo de perder algum tipo de segurança que aquela convicção lhe dá. Nossa alma é muito mais complexa do que pensamos.

Vi no Blog da Bráulia Ribeiro

E-Books: Apologética da Apologética À Luz da Bíblia


Mini livro, mais um guia de questões feitas contra os apologistas da atualidade, questionamentos gerais, respostas sobre esses sofismas clássicos, como "quem critica não faz nada" ou "não toqueis no meu ungido", entre outros. Vem também com uma seção de vários textos bíblicos a favor da apologética.

E o melhor, TOTALMENTE GRÁTIS!!! Livre distribuição, sem surpresas. Espalhem pra quem puder!

BAIXEM AQUI!

Mar de rosas e espinhos



Faz um tempinho que o blog não aborda esse assunto, mas vou mandar essa frase que li NÃO num livro de aconselhamento de casais, não numa dessas pregações "em nome do amor", e sim num Gibi do Superman (pois é...).


‎"Um casamento não é construído de flores, champanhe e beijos, um casamento é temperado a FOGO!" (Ella Lane, mãe da Lois Lane).


Concordo integralmente com essa frase, e refletindo num comentário da Loren Bittencourt sobre essa frase que eu soltei no Facebook, " HQ ensinando mais que líderes de jovens que dizem ser tudo mar de rosas quando você encontrar seu príncipe/princesa perfeita.", eu decidi escrever esse pequeno texto como um alerta à muitos "conselheiros jovens" e "líderes jovens".

É que em nossa época está sendo ensinado um falso casamento, o casamento se tornou um subterfúgio, um escape, que "Deus está preparando pra você uma pessoa perfeita", como se com tal pessoa você NUNCA tivesse problema algum, que não iam ter divergências (ou seja, você vai casar com um robô pré-programado para pensar IGUALZINHO a você).

Deus ao criar o homem e a seguir a mulher, quando da criação da mulher disse "farei uma pessoa que o ajudará e estará ao seu lado". Não falou "farei alguém que tenha EXATAMENTE o mesmo pensamento que o homem", não mesmo. Por terem diferenças de pensamento e de necessidades é que ambos podem crescer juntos, podem buscar verdadeiramente em Deus o caminhar em união nos momentos em que as pétalas da rosa são substituídas pelos espinhos. 

Que os líderes jovens possam ler esse texto e percebam que temos que ensinar todos os lados de uma moeda muito valiosa, mas por isso mesmo complicada para conquistar e manter firme.

Os "supermans" televangelistas



Eu ri - e ao mesmo tempo, chorei de tristeza - dessa frase simples do perfil da Desciclopédia no Twitter:

"Tem horas q eu queria ser um pastor famoso. Eu ia poder fazer a merda que eu quisesse q sempre ia ter um monte de otário pra me defender."


Frase forte, dura e pra muitos inaceitável. Pra mim é a triste realidade de uma igreja cristã vendida para os "supermans" televangelistas. Da mesma forma que Pat Robertson, Jimmy Swaggart, Jim Bakker, Benny Hinn, Morris Cerullo e Mike Murdock nos EUA, aqui no Brasil sofremos a assolação nas mãos de "evangelistas" famosos, como Malafaia, Macedo, Valdemiro Santiago, R. R. Soares, Robson Rodovalho, os Hernandes e porque não Padre Marcelo Rossi. Todos ensinando um pseudo-evangelho onde Jesus não é o centro, e sim o Seu poder de abençoar, e mesmo esse poder estaria submisso ao querer do ser humano e não mais para a devida glória do Eterno. Sob um discurso de fachada de "Deus nos quer felizes" e "Deus nos ama", justificam assim que Deus faria TUDO O QUE QUISÉSSEMOS só pra nos ver felizes, pois aparentemente nós "nascemos pra vencer". Nada mais falso.


Dá tristeza ver que como se não bastasse tanta enganação o povo que se diz povo de Deus absorve essa enganação como se fosse algo natural e o que é pior, chamam a todos que discordam desses falsos profetas de "recalcados, invejosos" e argumentos similares. Dizem que não podemos julgar usando Mateus 7:1-4 e não analisam nem o contexto desses versículos pra perceber que não estamos julgando aquilo que também praticamos. Alias, como muitos desses que defendem esses pastores acham que os ensinos deles não estão nem um pouco errados, senão "Deus não tava prosperando o trabalho deles". Em certos momentos até esses pastores se tornam quase semideuses, super-heróis inatingíveis, que não podem ser tocados (usam o "versículo" "não toqueis no meu ungido", que até onde eu vi, nem existe). 


Quero deixar bem claro que em primeiro lugar Deus abençoa o trabalho de quem ele quiser. Como Ele mesmo afirmou nas Escrituras Sagradas "Ele faz nascer o sol sobre todos e faz chover sobre justos e injustos" (Mateus 5:45). Ele abençoa justos e injustos, e nem por isso um injusto vai ser salvo. E injusto, vale salientar, não é só quem "odeia a Jesus declaradamente". Isso vale pros que dizem "Senhor, Senhor", mas vivem distantes de Cristo no que tange a uma vida realmente santa (Mateus 7:21). Portanto, todos nós devemos nos acautelar para não cairmos nesse erro.


Em segundo lugar, não somos "recalcados" nem "invejosos". Não estamos errando em denunciar os erros dos irmãos. Existem DIVERSOS versículos bíblicos que comprovam que podemos e DEVEMOS denunciar, até mesmo usando o nome de quem pecou, para que a justiça seja feita e proclamada. Eu não critico esses homens pro mal deles. Eu oro pela vida deles, oro pela vida de quem segue cegamente seus ensinamentos, mas não posso me calar pro erro deles, que é notório e está levando toda uma geração a tropeçar. E não, não somos a geração de Samuel. Se fossemos, não nos iludiríamos com falsas vozes, saberíamos qual é a voz de Deus. Nós somos na realidade a geração de Balaão, a que ama "inovações", sem ver se elas procedem ou não da Verdade. Pros preguiçosos que não leem mais a Bíblia e se contentam com versículos fora do contexto soltos por programinhas de TV, vou deixar aqui um link de um texto com vários versículos que comprovam nossa autoridade para julgar os erros e denunciá-los.


Em terceiro lugar, essa de "não toqueis no meu ungido" não cola. Primeiro porque quem garante que a unção do dito-cujo realmente veio de Deus? E mesmo que tenha vindo de Deus, ninguém aqui vai enfiar a espada no bucho desses homens pra vocês usarem o exemplo de Davi e Saul (I Samuel 24: 6). Pois bem, Davi não feriu Saul em nenhum momento, mas ISSO NÃO IMPEDIU DAVI DE DENUNCIAR A FALHA DE SAUL. Vejam os versículos seguintes, garotinhos:


"E disse Davi a Saul: Por que dás tu ouvidos às palavras dos homens que dizem: Eis que Davi procura o teu mal? Eis que este dia os teus olhos viram, que o SENHOR hoje te pôs em minhas mãos nesta caverna, e alguns disseram que te matasse; porém a minha mão te poupou; porque disse: Não estenderei a minha mão contra o meu senhor, pois é o ungido do SENHOR. Olha, pois, meu pai, vê aqui a orla do teu manto na minha mão; porque cortando-te eu a orla do manto, não te matei. Sabe, pois, e vê que não há na minha mão nem mal nem rebeldia alguma, e não pequei contra ti; porém tu andas à caça da minha vida, para ma tirares. Julgue o SENHOR entre mim e ti, e vingue-me o SENHOR de ti; porém a minha mão não será contra ti. Como diz o provérbio dos antigos: Dos ímpios procede a impiedade; porém a minha mão não será contra ti. Após quem saiu o rei de Israel? A quem persegues? A um cão morto? A uma pulga? O SENHOR, porém, será juiz, e julgará entre mim e ti, e verá, e advogará a minha causa, e me defenderá da tua mão. "
1 Samuel 24 :9 -15)

Frisem as frases em negrito e vocês verão que Davi fez MUITA QUESTÃO de denunciar a Saul e a todos que ali estavam o erro do mesmo. Davi falou sem medo algum o quanto o rei Saul estava errado, sem feri-lo nem matá-lo. Nós não fazemos em nada diferente desse homem chamado Davi. Não queremos notoriedade entre os homens, pois sabemos que na verdade falar mal dos "poderosos" nos traz é o ódio geral de quem morrerá seguindo esses enganadores como cordeiros mudos e cegos. Na verdade queremos mesmo é ser conhecido nos céus, quando estivermos diante do Senhor e ouvirmos um "bem está, servo bom e fiel, sobre o POUCO foste fiel e sobre muito te colocarei, entrai no gozo do teu Senhor".


Pra finalizar, o último ponto que vou deixar como pergunta capciosa pra muitos crentes que defendem esses "supermans" gospel com tanto ímpeto devido ao aparente sucesso de seus ministérios na Terra: a Igreja Católica Romana também cresceu assustadoramente na Idade Média, explorando, perseguindo e matando pessoas. O ateísmo e o materialismo, que negam a Deus, está crescendo e muito nos últimos tempos, bem como o movimento LGBT, a corrupção na política em Brasília e diversos outros movimentos INEGAVELMENTE mundanos e diabólicos. Algum de vocês irá dizer que o sucesso desses movimentos é uma prova de que DEUS É COM ELES? Pensem bem.


Que Deus abra cada dia mais nossos olhos e nossas mentes, pois o diabo está literalmente cirandando muitos de nós como trigo (Lucas 22:31). 

A indigesta mensagem antiterrenal





"Jesus respondeu-lhes e disse: Na verdade, na verdade vos digo que me buscais, não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes. Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará, porque a este o Pai, Deus, o selou". (João 6: 26-27)

Jesus num certo dia foi à cidade de Tiberíades (João 6), onde uma enorme multidão subiu com ele até um monte, para ouvir sua mensagem e, mais que isso, ver e experimentar seus milagres. Não imaginavam eles que Jesus operaria um dos mais impressionantes sinais dos seus 3 anos e meio de ministério: alimentar com apenas 5 pães e 2 peixes cinco mil homens, afora mulheres e crianças, o que daria numa cifra aproximada talvez 30 mil pessoas.

Mas se achamos que o ponto alto de Cristo com esse sinal seria alimentar os povos com essa comida humana que perece, enganamo-nos. Jesus tinha como REAL objetivo levar aquelas pessoas que se saciaram do pão a SE SACIAREM DA PALAVRA DE DEUS, ou seja, SE SACIAR DELE MESMO. Não que Jesus seja realmente contra termos empregos ou não nos abençoaria com bençãos terrenas, mas que essa JAMAIS deve ser nossa meta em buscá-lo, pelo contrário, devemos buscá-lo por quem Ele é e não pelo o que Ele tenha a oferecer no sentido humano.

Vejamos pois a atitude daquele povo após o sinal realizado: por um pouco não tornaram Jesus um rei (vv. 14 e 15), mas logo se esqueceram disso e quando Jesus os repreendeu por sua gula e desejo de buscá-lo apenas para saciar a fome humana de cada um deles, eles já pediram se Jesus tinha algum outro sinal, algum que provasse que Ele era quem dizia ser (v. 30). No fundo o que eles queriam mesmo era que Jesus, como o Messias que eles fantasiavam, iria fazer cair o maná dos céus pra que não tivessem mais que se esforçar em saciar seus ventres (v. 31). Cristo de imediato mostrou que Ele não tinha que fazer descer pão perecível do céu, pois Deus havia mandado o pão verdadeiro, O PÃO VIVO que dá a vida por todos e dá vida eterna, ELE MESMO (vv. 32-35), só dependia de crerem em Sua Palavra.

Muitos desses não aceitaram essas palavras, considerando o discurso "duro", indigesto (vv. 60-66). Eles não queriam renunciar seu ser para Cristo, o real objetivo daquele povo eram as coisas dessa terra fétida e perecível. E quantos de nós não somos assim hoje em dia? Numa época em que muitos "pastores" ao invés de apregoarem essa mensagem, têm comichão dela, a escondem debaixo do tapete e ensinam as facilidades para o caminho do céu. Fazem diversas pessoas acharem que Jesus as promete coisas mirabolantes e impressionantes, bastando elas darem 900 reais, 911 reais, 1000 reais em 10 prestações, "lançando sua semente", ou pegando a rosa ungida, a água do Rio Jordão, a mini cruz, a meia ungida (e com chulé, rsrs) do Valdemiro Santiago... tudo pra conquistar bençãos. Nos tornam mais que vencedores e com poder de exigir do Senhor e determinar qualquer coisa, qualquer sonho que quisermos, porque nossos sonhos são os sonhos de Deus (que ultimamente segundo o raciocínio de muitos pastores aí andaria com sonambulismo, só ver os desastres que Ele não evitou, ou será que Ele não é onipotente mais, né Ricardo Gondim?). Hoje em dia o maior sinal de Jesus, o sinal do profeta Jonas, o sinal da crucificação que nos deu a vida eterna não tem mais a importância que outrora teve. Não, não, hoje em dia vale mais "sacrificar seus 5 pães e 2 peixinhos para obter 12 cestos cheios de pão". Agora mais vale ter multidões do que ver todos saírem e só ficarem aqueles que querem viver das Palavras de Vida Eterna (vv. 67-68).

Que Deus tenha misericórdia de nós como igreja, que esquecemos da importância de Cristo!

I Epístola de Paulo aos Brasileiros/Coríntios



Impressiono-me quando leio I Coríntios. Por um simples motivo: parece-me estar vendo um espelho da igreja brasileira. Se Paulo fosse apóstolo nos dias atuais, iria escrever não uma I Coríntios e sim uma I Brasileiros. Abusos doutrinários, dissensões, ganância, falta de amor verdadeiro e acobertamento de pecados, tudo isso se reproduz de maneira absurda nos tempos atuais.

Nesse post faremos um estudo aprofundado das características básicas da igreja brasileira que são localizadas na igreja de Corinto à época da referida carta.

1º) Dissensões  (I Co. 1:10-13; 3:1-4): A igreja chamada cristã no Brasil está sofrendo do mesmo mal dos tempos de Corinto, com as diversas lideranças e pior que isso, o tornar tais lideranças como fundamentos de sua fé no lugar de Cristo (I Co. 3:11). Defendem pastores como donos de toda a razão, mesmo eles ensinando coisas erradas e falhas (tornando-nos com isso piores que Corinto, que ao menos seguiam pastores que ensinavam a verdade). Afora os "mais espirituais", que queriam distância dos outros ao invés de exortá-los ao arrependimento, diziam somente "eu sou de Jesus" de maneira religiosa e sem amor algum.

Não devemos colocar nossa fé em fundamentos humanos, placas de igreja, se somos arminianos ou calvinistas, pré-milenistas, amilenistas ou pós-milenistas, se tocamos rock ou só música da harpa cristã ou se nossa igreja usa anágua ou não, isso não deve nos separar. Pior ainda é fundamentar nossa fé em ensinos perniciosos, como a Teologia da Prosperidade, a Teologia Liberal ou a Teologia Relacional. Temos que deixar de ser carnais, e nos tornar homens espirituais, que a tudo discernem (I Co. 2: 15).

2º) Ensinos humanos (I Co. 2: 1-7; 1: 17-25): Fugindo de tudo o que a Bíblia ensina sobre a Verdade do Evangelho, muitos homens se perdem em labirintos da sabedoria humana. Tentam colocar até mesmo justificativas de filósofos, cientistas e pesquisadores acima da Palavra de Deus. Quem lê o discurso de Ricardo Gondim acerca do tsunami no Japão vai perceber falhas tremendas de um homem que se deixou levar pelos "paradigmas das ciências sociais pós-modernas" segundo as palavras do próprio, que fugiu do conceito bíblico pra defender um deus impotente que ama demais os homens, mas nada pode fazer diante de tragédias.

Quando caímos no erro da teologia relacional (e não é muito difícil de acontecer, é só usar o discurso do "Deus entende porque eu fiz isso" para se justificar de um erro como algo "impossível de evitar") nós estamos dando lugar à nossa sabedoria humana. Do discurso anti-onipotência de Gondim às falácias de Silas Malafaia e Edir Macedo, entre outros, estamos rumo a autossuficiência humana em detrimento da soberania Divina de Sua eterna sabedoria e entendimento, verdadeiro guia para os que seguem a "loucura" de Deus, a loucura da salvação e da SOLA SCRIPTURA como fundamento da fé.

"Ninguém se engane a si mesmo: Se alguém dentre vós se tem por sábio nesse mundo, faça-se louco para ser sábio" (I Coríntios. 3: 18)

3º) "Desigrejamento" e autossuficiência (I Co. 4): Diversos cristãos hoje em dia ou simplesmente pararam de ir à igreja ou quando vão, ignoram os ensinamentos que são passados. A bem da verdade, muitas igrejas de fato cuspiram fora os ensinos puros do Senhor, mas ainda existem muitas igrejas sérias e verdadeiras, e muitos de nós ainda assim tornamos as mesmas como clubes sociais, em que vamos "bater ponto" e ir pra falar com nossos amiguinhos. Isso quando ainda vamos até o templo. Para que vocês tenham uma ideia, existe na minha própria congregação dois casos opostos. Um é de uma irmã que NÃO TEM NENHUMA DAS DUAS PERNAS, já é uma senhora avançada em idade e mesmo assim, ainda que de carona, sempre vai pra igreja. Houve uma época em que ela tinha uma das duas pernas e chegou a vir SOZINHA para a igreja, nós nos assustamos até pela atitude dela, arriscada, mas ela o fez por amor a Cristo. Bem ao contrário de uma outra, que mora a poucos metros de distância da igreja. Ela está de cama, de fato não tem condição alguma de se deslocar, entretanto o esposo dela está completamente são. Na casa tem vários parentes e empregados, mas ainda assim o homem se recusa a ir para a igreja. Vejam como as coisas são.

Muitas vezes desprezamos conselhos de líderes. Queremos viver "a independência do Evangelho", só que da maneira errada. Jesus colocou líderes para nos ajudarem na caminhada na fé. É claro que hoje em dia muitos líderes estão fugindo da realidade do Evangelho, mas é aí que Cristo nos deu Sua Palavra e o Espírito Santo para provarmos os espíritos. E também escolheu alguns como eu para denunciar abusos e erros que existam na igreja, para que todos nós cresçamos na fé e sigamos o Evangelho verdadeiro. Quem é verdadeiro dependente de Deus saberá reconhecer um líder real e irá respeitá-lo como tal. 

4º) Encobertamento/Aceitação do pecado (I Co. 5): O absurdo extremo de muitas vezes esconder o pecado de um líder ou de alguém importante dentro da igreja. Isso é clássico, e existe há tempos. Quantos líderes seguem incólumes mesmo após serem pegos em flagrante adultério, fornicação, roubo de ofertas e dízimos, entre outros erros dentro da igreja ou erros externos à ela. Mas, pior que a Igreja de Corinto, estamos em muitos momentos BEATIFICANDO o pecado. Igrejas que não vêem nenhum problema em seus liderados viverem em situação marital fornicária, jovens "ficando" por aí, líderes mulheres entrando de decote e microssaia na igreja, membros da igreja bebendo tudo que tiver etanol, entre outros. Isso sem contar as igrejas "inclusivas", que viraram mania por aí, não só aceitando como membros e até mesmo líderes pessoas homoafetivas, como até mesmo casando-as.

O acobertamento e, pior que ele, a aceitação do pecado como algo normal é INADMISSÍVEL para a saúde da igreja cristã. É absurdo e é um cuspe na face do mesmo Cristo que nos disse "se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, nunca alcançarão o Reino dos Céus" (Mateus 5:20). Se virmos um irmão pecar, TEMOS que aconselhá-lo à mudança, e se o mesmo insistir após 2 ou 3 admoestações, devemos PUBLICAMENTE como líderes expô-lo como gentio, como ÍMPIO (Mateus 18: 15-17). Devemos nos posicionar contra os erros de líderes ou membros que estão vivendo em pecado ou ensinando erros (neste caso, temos que ser combativos e estar preparados para combater falsos mestres e calá-los).

"Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas DEUS julga os que estão DE FORA. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo." (I Co. 5: 13) 


5º) Litígios humanos (I Co. 6: 1-11): Assustadoramente diversos cristãos entram em litígios por motivos humanos. Negociatas, empréstimos, fofocas, diversas causas humanas tolas, as quais eu já expus um pouco do parecer de Paulo no primeiro tópico, mas que Paulo dá uma outra luz: perdão e arrependimento. Nem sempre o segundo ocorre (infelizmente) e em alguns casos leva-nos a tribunais humanos mesmo, mas o perdão deveria ser uma coisa normal de todos nós. Muitas vezes precisamos perder pra ganhar. Mas infelizmente a mágoa se tornou rainha nos corações de muitos de nós. Temos que destruir a mágoa e o orgulho em muitos momentos para que realmente vivamos como irmãos (Romanos 12: 18).

6º) Indecência (I Co. 11: 1-16): Antes que os sabichões venham a mim dizendo "mas isso é pra igreja de Corinto apenas", não vou aqui mandar nenhuma mulher usar véu ou homem cortar o cabelo (rsrsrs). O centro da questão é a decência e o pudor cristão. Naquela época, mulheres que não usavam véu eram tidas como prostitutas. Hoje em dia quem vai dizer isso da cantora cristã que usa calça "super acochada" e faz poses sensuais nos shows?  Peço de antemão perdão pelo link que vocês verão, e ainda vai ter quem me critique após ele (rsrsrs), mas isso meio que acontece nos templos também né? Irmãs com decotes NADA comportados, irmãozinhos achando que estão numa academia de ginástica, entre outras coisas tão indecentes quanto (as vezes você tá tão bem vestido e falando abobrinhas a torto...).

Isso é uma discussão antiga e eu não tou aqui querendo baixar a lei do anágua nem que as igrejas imponham doutrinas acerca de usos e costumes, mas um cristão e uma cristã sinceros irão vigiar tais coisas. Ou você acha lindo ficar "se agarrando" dentro do templo? Você pode achar MARAVILINDO, mas Jesus REPROVA!

7º) Desrespeito/Gula (I Co. 11: 17-34, com ênfase nos dois últimos versículos): Aqui não irei abordar a prática da Santa Ceia (essa aí em geral não há muitos problemas litúrgicos ou gerais nas igrejas evangélicas), mas de algo mais sutil: a gula. Casamentos, aniversários, festas da igreja e outras similares, todas viraram palco de um horrendo espetáculo feito por diversos crentes, que se empanturram de tanto comer, as vezes se deixarmos os irmãos fazerem o "self-service" eles irão pegar tanta comida que não vai dar pra todo mundo. Pior: as vezes não comem NEM A METADE, jogando o resto fora. Gula é um pecado sério. Não tem nada a ver com os sete pecados capitais, pois isso é crendice, mas é sim pecado e sério! (Provérbios 23: 3, 20-21)

"Mas, se alguém tiver fome, coma em casa, para que não vos ajunteis para condenação" (I Co. 11:34a)

8º) Abuso no uso dos dons espirituais (I Co. capítulos 12, 13 e 14): Três capítulos dedicados a falar do abuso no uso de dons. Acho que se fosse pra nossa igreja seriam uns 10 capítulos. Sabe I Co. 14: 26 ao 31? Pois é, esses versículos, base da doutrina dos dons espirituais que são usados PARA EDIFICAÇÃO de todos nós, não são seguidos. É um carnaval do babel de pessoas todas falando em línguas sem interpretação, um monte de profetadas sem nenhum julgamento bíblico, é um "shury canta" pra cá, um "eis que te digo" pra lá. Esse tópico, bastante extenso, irei abordar com mais cuidado e mais detalhadamente em um próximo estudo. Mas de antemão fica a lição de I Coríntios 14:26:

"Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, doutrina, revelação, língua, interpretação, tudo para edificação".

Que Deus nos ajude como Igreja sua a mudar esse quadro negro que pintamos.

(Texto atualizado após remoção de alguns links - em especial vídeos de cantores gospel que devem ter se sentido ofendidinhos, ou os fãs deles, sei lá rsrs)

Sal sem gosto, lâmpada queimada

Um alerta para toda IGREJA!



"A água da fonte parece brotar
Dos olhos de um povo, intenso chorar
Que segue seu rumo por todo o lugar
Ela vem de longe e não vai parar
Seguindo o seu leito, às águas do mar (ôôô)
Não tendo final

A água da fonte parece mostrar
Os erros de um povo em não aceitar
Alguém que é Senhor, soberano e conduz
O amor e a vida, o sol e a luz
A fonte suprema que venceu a cruz (ôôô)
O Filho de Deus

Vós sois o sal da terra
E a luz deste mundo
Mas se não a gosto
E as trevas te impedem
Como vais alcançar o reino de Deus
Se a correnteza anda para outro lugar
Vem beber da fonte
Das águas do mar (ôôô)
Da palavra de Deus
Não tendo final
Da palavra de Deus"

(Catedral - Fonte)


E o que você tem sido? Um sal sem gosto? Uma lâmpada queimada dominada pelas trevas?

Então Silas, o senhor não viu nenhuma refutação?



Então leia isso... hehehe

EDIT: Bem observado por um amigo meu, Silas nessa seção só fala de boleto bancário como opções para contato, depois fala que não pensa em dinheiro...

Perseguidos pela verdade

Vi essa música do Larry Norman e realmente muito disso pode ser aplicado aqui mesmo no nosso Brasil.



"Há cristãos na Rússia, eles se encontram no subsolo,
Na China, eles são mortos quando eles são encontrados.
E em Cuba os cristãos vivem nas montanhas
Porque não é seguro nas cidades.

E pensar que isso poderia acontecer aqui na América,
Eu sei que você acha que não é verdade,
Mas está acontecendo com os cristãos aqui na América,
Espere até que aconteça com você.

Os cristãos em Berkeley está passando Bíblias
E o alimento a quem tem fome
Eles estão esperando para ajudar as pessoas desta maneira.
Mas há ameaças da vida
De seus líderes e esposas,
Eles não são bem-vindos para ficar.

E pensar que isso poderia acontecer aqui na América,
Talvez você pense que não é verdade,
Se você não vê acontecendo com os cristãos aqui na América,
Espere até que aconteça com você.

Há uma igreja clandestina e está seguindo Jesus
E esperando para atender às necessidades das pessoas
Mas não temos tempo para construir belas igrejas pequenas,
Além de não precisar -
Nós estamos levando a nossa igreja nas ruas.

E nós estamos distribuindo folhetos e panfletos clandestinos
De Buffalo para Monterey
E nós estamos falando sobre Jesus e, de repente
Nós somos presos e levados.

Então eu lhe pergunto, América, onde você está?
Seu povo está morrendo de fome, eles estão derrotados e estão estuprados
E eles estão morrendo em celas, então quais são seus planos?
Eu não estou falando com você congresso ou políticos
Ou Panteras Negras ou muçulmanos ou Nixon ou Birch,
Estou dirigindo esta música para a igreja.

Porque eu estive em suas igrejas e sentei-me em seus bancos
E ouvi sermões sobre quanto dinheiro você vai precisar para o ano.
E eu ouvi que você faz referência a mexicanos, chineses, negros e judeus
E eu percebo que você deseja que todos nós sumíssemos.

E vocês se chamam cristãos, quando na verdade vocês não são,
Vocês estão vivendo suas vidas como querem.
Se você é realmente um cristão, coloque-se no seu lugar
E siga onde quer que Deus queira nos levar.

Eu não estou falando de religião, estou falando sobre Jesus,
Coloque todos os seus planos na prateleira,
Vamos parar de marchar para a paz, e começar a marchar para Jesus
E a paz vai cuidar de si mesmo.

Bem, eu rezo para que nós, cristãos, saiamos dos nossos sofás
E defendamos o que acreditamos
O tempo é muito curto, e Cristo está voltando
É melhor se preparar para sair.

Nós que somos cristãos devemos acender a luz,
Então, a verdade vai brilhar como o dia
Jesus virá como um ladrão na noite,
E ele vai levar todos que o amam embora.

Há cristãos na Rússia, eles se encontram no subsolo,
Na China, eles são mortos quando eles são encontrados.
E em Cuba os cristãos vivem nas montanhas
Porque não é seguro nas cidades.

E pensar que isso poderia acontecer aqui na América,
Eu vejo vocês balançando suas cabeças e eu ouço-os dizer:
'Ele só não pode estar falando a verdade.'
Mas aconteceu comigo aqui na América,
Espere até que aconteça com você."

(Larry Norman - Right Here In America)

E nós como igreja o que estamos fazendo???

Ungir instrumentos ou SERMOS instrumentos ungidos?



Uma das maiores tolices que eu como músico e cristão, que faço músicas (não músicas "cristãs", pois música não se converte, e sim músicas com temas cristãos - e até mesmo seculares, por que não?), é uma mania absurda chamada "unção de instrumentos". Muita gente cegamente manda o pastor ungir - ou até a própria pessoa o faz - seu teclado, guitarra, violão, atabaque, bateria, pandeiro, microfone, tudo o mais, dizendo assim estar não só separando APENAS pra tocar músicas "cristãs" (hipocrisia extrema), como também pra que emanem desses instrumentos a libertação para as pessoas, como acontecia com a lira de Davi (I Sm 16.14-23).

A questão problema disso tudo está em duas coisas básicas (1ª) - Não existe, como eu já afirmei, música "cristã". Existem músicas com temática cristã, músicas com temáticas "positivas" (ou seja, não voltadas especificamente pro Evangelho - músicas românticas, de protesto, poéticas, etc), músicas de temática PSEUDOCRISTÃ (isso está LOTADO no meio gospel de uns tempos pra cá) e músicas de temáticas espúrias (com ênfase em sexo vulgar, violência gratuita, temáticas místicas e/ou diabólicas, anticristãs/antiDeus e/ou incentivadoras de práticas abomináveis). Cabe ao músico cristão saber discernir tais coisas e saber escolher as duas primeiras opções (ou no mínimo apenas a primeira, caso Deus tenha assim determinado em seu coração) e afastar-se das duas últimas; (2ª) Em nenhum momento da Bíblia vemos que alguém, seja Davi ou outra pessoa, que tenha pego sua lira e derramado óleo da unção sobre ela. Davi sim foi ungido, mas o que mais determinou a capacidade de libertação em sua lira não foi nem a lira em si, a música que emanava dela ou a unção com óleo que Samuel derramou sobre Davi, mas sim A COMUNHÃO DE DAVI COM DEUS. Observemos que no texto de I Samuel que foi separado nesse texto Davi está orando por Saul, que TAMBÉM HAVIA SIDO UNGIDO PELO MESMO SAMUEL - Saul chegou até mesmo a profetizar a Deus após a unção (I Sm 10.5-13) - mas vejam só, precisava naquele momento de libertação, pois havia perdido a comunhão com Deus em troca de agrados e aprovação do povo (que lição essa pros que vivem achando que PASTOR por ser "ungido do Senhor" é um ser blindado e infalível!). Unção com óleo nunca tornou NINGUÉM santo e perfeito, apenas era um simbolismo de separação para uma obra específica.

Sinceramente, ao meu ver, muito mais útil que ficar melando os instrumentos com óleo é SER UM INSTRUMENTO UNGIDO de Deus. E quando eu digo isso, não tem NADA A VER com pedir pro pastor te melecar com óleo, e sim VIVER EM COMUNHÃO COM DEUS para ser realmente usado por ele, por seu Espírito Santo. Eu em meus 10 anos como músico NUNCA pedi pra ungirem meu teclado, minha gaita e nem o farei com meu violão. EU que tenho que saber bem o que estou tocando e também viver para o Senhor de verdade. Na Bíblia de Estudo de Louvor e Adoração publicada pela SRG Publicações existe um estudo do Ronaldo Bezerra que fala justamente de ser um músico consagrado a Deus. Muitos pedem pra ungir seu violão e amanhã estão tocando numa roda de amigos músicas infames e anticristãs. Alguns tocam no altar com baterias ungidas e depois do culto estão num motel com uma irmãzinha que não é a esposa dele. Tocam em guitarras ungidas solos em ALTÍSSIMO volume pra igreja toda ensurdecer e quando o responsável pela mesa de som regula o volume, o guitarrista só falta quebrar o instrumento no palco igual àquelas bandas de rock grunge. E então, é mais importante UNGIR UM INSTRUMENTO MUSICAL ou TER SUA VIDA COMO INSTRUMENTO SEPARADO PARA DEUS?

Publicado originalmente por mim mesmo em Webevangelista.

A História do Rock Cristão no Brasil

"Apesar de no decorrer de sua história o rock and roll ter ficado mais marcado por astros brancos, deve-se aos negros, escravos trazidos da África para as plantações de algodão dos Estados Unidos, a criação da estrutura rítmica e melódica que seria a base do rock. Os cantos entoados pelos negros durante o trabalho, no início do século XX dariam origem ao Blues (do inglês azul, usado para designar pessoa de pele escura, bem como tristeza ou melancolia). Focado basicamente no vocal, o blues era geralmente acompanhado apenas por violão"☺
"O Rock Cristão surgiu nos meados dos anos 60, acompanhando as tendências musicais dos anos 60 e o movimento Hippie. Muitos dos primeiros grupos eram integrantes do Jesus Movement, movimento que surgiu no rastro da contra-cultura hippie e que buscava oferecer uma perspectiva de vida cristã aos jovens desestimulados com as propostas de paz e amor baseados em drogas e sexo livre.
As primeiras bandas foram mal recebidas pelas igrejas protestantes, pois o Rock era tido como "música do diabo" e associado com um comportamento socialmente repreensível.
Com o tempo a música foi ganhando credibilidade por, entre outros motivos, ser meio de aproximação dos jovens ao cristianismo.
A partir dos anos 1980 as bandas do Rock cristão foram gradualmente se contextualizando e angariando uma aceitação do público protestante cada vez maior. Começaram a atrair o interesse da mídia e de gravadoras seculares, conseguindo grandes contratos, maior exposição e sucesso internacional. Muitas bandas novas surgiram e continuam surgir, consolidando o gênero e dissociando-o cada vez mais do seu ambiente eclesiástico original".
HISTÓRIA do ROCK GOSPEL
A história do rock evangélico não pode ser contada apenas sob a ótica das bandas, pois muitos cantores e bandas de linha pop gravaram discos com várias canções de rock, também. Por isso este texto leva em consideração essa galera, também. Entretanto, ficaram de fora desse pequeno resumo os atuais cantores e grupos de louvor e adoração que têm se utilizado do rock em suas canções de louvor e adoração, uma vez que não tenho o devido conhecimento para escrever.
O rock evangélico oferece material suficiente para se escrever um livro, entretanto não pretendo fazê-lo aqui, pois já estou escrevendo mais coisas em meu livro sobre a história da música evangélica brasileira. Gostaria apenas de fornecer uma visão panorâmica do tema, focalizando quem estava cantando e tocando rock em cada década.
O rock nasceu oficialmente em 1954 nos Estados Unidos com o cantor Bill Haley. Embora houvesse cantores e bandas brasileiras, no meio secular, tocando rock desde o final dos anos 50, não tive nenhuma prova concreta de que havia alguma expressão de rock evangélico nos anos 50 e 60 no Brasil. Havia dezenas de cantores e grupos evangélicos em atividade, até mesmo com proposta musical jovem, porém não chegaram a gravar rock. Então ao que parece, o rock só chegou à música evangélica brasileira a partir de 1970.

ANOS 70
É importante salientar que o rock setentista é bem diferente do rock atual, pois suas raízes, de onde sofreu maior influência, estão nos anos 60, período em que o rock não era tão pesado quanto possa parecer para nós hoje. Às vezes o rock chegava a aparentar o estilo pop de hoje ou até mesmo o country norte-americano. Vale ressaltar, também, que nenhum cantor ou grupo evangélico ousou lançar um disco exclusivamente de rock seria arriscar demais. Por isso a maioria dos artistas só colocava três canções de rock no máximo, por LP.
Além do trio guitarra, baixo e bateria, havia em vários casos a presença de outros instrumentos tais como o saxofone e o órgão. Os anos 70 foram marcados pelo rock progressivo e alguns cantores e grupos evangélicos foram influenciados por esse estilo, também.
Em 1970 surgiu a primeira banda brasileira de rock evangélico, a banda paulista ÊXODOS, que esteve em atividade até 1977, quando as pressões levaram a banda a parar de tocar. Como era de se esperar, essa banda provocou polêmica, porém fez bastante sucesso entre os jovens que lotavam as dependências da Igreja Batista de Vila Bonilha, São Paulo, para ver um quarteto de adolescentes cabeludos cantando rock na igreja. Mesmo com um repertorio de mais de 50 composições próprias não tiveram a oportunidade de gravar nenhum disco nesta década, entretanto sua canção mais famosa , intitulada “Galhos Secos”, foi gravada pelo grupo SOM MAIOR no LP Ele é a razão de viver (1984) e pela banda CATEDRAL no LP duplo Está Consumado (1993).
Não é tão simples saber quem foi o primeiro a gravar um rock cristão, mas tenho algumas pistas. O cantor TRIUMPHO lançou o LP Saudosa mamãe (1972), pela gravadora Louvores do Coração, que tem canções de rock com uma batida bem agitada para a época. Já no ano seguinte ele lançou seu segundo LP, o Plena paz (1973), pela Bom Pastor, seguindo as mesmas características do álbum anterior. Ainda no início dessa década o cantor ANTONIO CARLOS lançou o LP Recordação (1972), onde gravou algumas canções de rock. A seguir o TRIO MARANATA, formado pelos jovens Alfredo, Luiz Carlos e a Célia, lançaram o LP Sorria (1973) com canções de rock dos anos 60, estilo OS VIPS, grupo secular famoso da jovem guarda. Outro que gravou diversas canções de rock sessentista foi o cantor NICOLETI, como se pode observar especialmente no LP Mensagem para você (1974). Nesse mesmo ano o PAULO JOSÉ lançou o LP Poder infinito (1974), que tem canções de rock, também. Tivemos ainda a banda OS CANTORES DE CRISTO que lançou seus 2 primeiros LPs Olhando para o infinito (1973) e Bonança (1975), com várias canções de rock bastante imponentes pelos solos de guitarra e teclado.
O conjunto OS LIGADOS gravou canções de rock, com vocais em forma de coral, como se pode notar no LP Atual (1973). Depois o cantor LULA BATISTA gravou uma canção em ritmo de rock, intitulada “Estradas da vida”, que está no LP de mesmo título Estradas da vida (1974). Também nesse ano o grupo OS MENINOS DE DEUS lançou o LP Aperte... não sacuda (1974) com mais de 50% do LP dedicado ao rock. Esse mesmo grupo lançou O amor nunca falha – Capítulo 2 (1975) com outras canções de rock. Vale ressaltar aqui que a qualidade dos discos do grupo OS MENINOS DE DEUS era tão alta que despertou a atenção da mídia secular. Outro aspecto interessante é que seus discos (vários LPs e compactos) foram lançados somente por grandes gravadoras do meio secular tais como a POLYDOR, PHONOGRAM e CBS.
Em meados dessa década surgiu no cenário o cantor JORGE ARAÚJO que lançou seu primeiro LP intitulado O mundo não tem paz (1975), com algumas canções de rock, tendo uma sonoridade mais pop, onde incluiu teclados e metais. Nos outros 3 LPs seguintes que lançou, o JORGE continuou dedicando espaço ao rock, sempre com influências da jovem guarda. Em seguida veio o cantor WOLÔ, jovem loiro e cabeludo, que gravou as canções de rock “Cara” e “Amor-amor de Cristo” no seu primeiro LP intitulado O que a lua não pode, não pode e nem poderia (1975), disco esse que contou com músicos profissionais não-evangélicos, além de ter sido gravado com os melhores recursos de gravação da época.
Começou sua carreira nessa década o cantor LUIZ ARTUR que lançou o revolucionário LP Drogas Matam (1976), com metade das faixas dedicadas ao rock. Por sinal um disco de ótima qualidade em todos os aspectos. O grupo pernambucano EMBAIXADORES DE SIÃO gravou algumas canções de rock em seu primeiro LP intitulado Jesus o amigo da hora (1977). O conjunto OS ATUANTES gravou rock, com sonoridade da jovem guarda, em seus 3 LPs lançados nesta década: Tudo ou nada (1976), Minha canção (1977) e Importante (1978). E fechando essa década tivemos a COMUNIDADE S-8, maior expoente do rock progressivo evangélico, que lançou os LPs O rio da águas que saram (1977), Quem deseja ser criança (1978) e O que virá (1979). Por fim, tivemos o tenente RUBENS DE OLIVEIRA que gravou canções de rock contagiantes no LP Em glória esplendente (1978).

ANOS 80

Ao vermos o rock evangélico dos anos 80, nota-se algo interessante: a maioria dos cantores e grupos dos anos 70 que prosseguiu em atividade não deu continuidade ao rock que fazia na década anterior. Mas por outro lado muita gente nova apareceu. Primeiro, tivemos a banda REBANHÃO, com o Janires, que lançou os LPs Mais doce que o mel (1981) e Luz do mundo (1983), que têm várias faixas dedicadas ao rock. Depois tivemos 3 cantores bastante interessante por terem um vocal que lembra em algumas canções o do Elvis Presley. Eram eles o ADILSON LOPES, IVANILDO SILVA e o MARTIN LUTERO. Canções de rock pode ser ouvidas nos seguintes LPs que o ADILSON LOPES lançou: Paz no vale (1982), Lindo lugar (1986), O sangue de Jesus me libertou - versão 2(1987). O rock estilo anos 60 do IVANILDO SILVA pode ser melhor apreciado nos LPs Deus ama você (198?) e Ele é Jesus (198?). E quanto ao MARTIN LUTERO é possível ouvir canções de rock nos 3 álbuns que lançou nos anos 80: Ponte sobre as águas turvas (1984), Energia (1987) e Estações (1989). O grupo VIDA ABUNDANTE gravou, também, algumas canções de rock, como se pode notar nos LPs Vem para a águas (198?) e Coragem (1987).
Depois de sair do REBANHÃO o Janires foi para Belo Horizonte onde criou a banda AZUL, lançando em seguida o aclamado LP Espelho nos olhos (1986), que tem canções de rock. A banda AZUL, sem o Janires, lançou ainda o LP Final do túnel (1989), que é um disco com mais da metade das faixas dedicadas ao rock. É também em meados dessa década que a banda carioca SINAL DE ALERTA começou suas atividades, cantando pop e rock. Provavelmente essa é a banda que mais gravou canções de rock até 1989. Lançou seu primeiro LP em 1985, só com o nome da banda. Em seguida lançou mais 3 LPs onde gravou várias canções de rock: Volume 2 (1986), Manhãs de outono (1987) e Frágil e Pequenina (1988). Ainda nesse ano, a banda LEGENDA lançou seu imponente LP O Dia Final (1988) e a banda CATEDRAL lançou seu primeiro LP intitulado Você (1988). E já no ano seguinte essa banda carioca lançou seu segundo LP intitulado Aos ouvidos dos sensíveis de coração (1989). Fechando essa década tivemos a banda KATSBARNEA que lançou a K7 O som que te faz girar (1989) e a banda REBANHÃO com o LP Princípio (1989), ambos com algumas canções de rock. Vale ressaltar ainda o cantor ABE que lançou seu primeiro LP, sem título, em 1987, que é um disco com o rock típico dos anos 80.

ANOS 90

O rock evangélico começa a todo vapor no início dos anos 90, em função especialmente do Movimento Gospel que teve início oficialmente em 1989. Esse acontecimento motivou, também, os jovens a gravarem mais rock e até criarem bandas que pudessem realmente serem chamadas bandas de rock. O rock evangélico ficou mais pesado e variado, além de focalizar canções de cunho mais evangelístico. Inúmeras bandas surgiram e gravaram discos, entretanto uma boa parte dessas bandas não obtiveram projeção nacional, o que inviabiliza ter dados mais precisos da grande produção de discos de rock nessa década.
Vale ressaltar que houve diversas bandas que não se consideravam ou não são consideradas bandas de rock, sendo denominadas apenas bandas de pop/rock, que gravaram muitas canções de rock nos anos 90. Cito por exemplos: a banda REBANHÃO (RJ) como se pode notar nos LPs: Pé na estrada (1991) e Enquanto é dia (1993). Também é o caso da banda SINAL DE ALERTA (RJ) que lançou mais 3 discos: Tendência (1990), Garotos e garotas (1994) e Levante seus olhos (1999). É também o caso da banda COMPLEXO J (RJ) que lançou mais 4 discos: Arte final (1990), Volume III (1991), Riqueza de sons (1993) e Volume V (1997). Também é possível encontrar canções de rock nos discos da banda ATOS 2 (KADOSHI), Banda AZUL (MG), RAÍZES (DF), SEMEANDO (RJ), TEMPUS (RJ), etc.
Inúmeras bandas de rock surgiram e lançaram discos, como por exemplos: AKZA (DF), ÁTRIOS (RJ), BLESSIN’G ROLL (RJ), CONEXÃO JESUS (PR), FILHO (MG), HEAVEN (SP), HERDEIROS (GO), KADESH (DF), LIBERDADE DE EXPRESSÃO (MG), LIGAÇÃO (PR), LOUVOR, ARTE & CIA (SP), PEDRA ANGULAR (SP), RED SUN (MG), RENOVO (DF), VIRTUD (DF), ZION (PR), etc. Diversos cantores, também, gravaram canções de rock tais como o BROTHER SIMION, CARLINHOS FELIX, ENOCK LOU (MG), MAC, PAULINHO MAKUKO (SP), RODRIGO BUENO (DF), VALTER JUNIOR (DF), etc.
As bandas de rock evangélico que ganharam maior projeção nacional nos anos 90 foram: CATEDRAL (RJ), CONTATO VITAL (RJ), FRUTO SAGRADO (RJ), KATSBARNEA (SP), LIVRE ARBÍTRIO (DF), METAL NOBRE (DF), OFICINA G3 (SP), RESGATE (SP) e STAUROS (SC). Todas essas bandas ganharam espaço em grandes gravadoras do meio evangélico. A banda CATEDRAL é a que teve a maior produção de discos de rock da década com 11 discos lançados, consequentemente teve também as maiores vendagens, chegando a ganhar discos de ouro. Três delas perderam seus vocalistas originais como no caso do KATSBARNEA, que teve a saída do Brother Simion e do Paulinho Makuko, os quais foram para a carreira-solo cantar pop/rock. Já o OFICINA G3 perdeu o Túlio Regis e o Manga. E o STAUROS teve experiência semelhante perdendo o Celso. Mesmo assim essas 3 bandas seguiram em frente com novos vocalistas.

2000 ATÉ HOJE

Desde 2000 temos aí em atividade e lançando CDs as bandas que se originaram nas décadas anteriores, tais como CATEDRAL, FRUTO SAGRADO, KATASBARNEA, LIVRE ARBÍTRIO, METAL NOBRE, OFICINA G3, RENOVO, RESGATE, SINAL DE ALERTA e VIRTUD. Entretanto muitas bandas novas, surgiram com discos de rock gravados nesses últimos anos, tais como: ACESSO (SC), AEROILIS (SC), APOGEU, ASTER 7 (SP), CÁLAMO (SP), CONHECIMENTO SAGRADO (PR), CORBÃ (SP), CUSM (SP), DESERTA (SP), DOSE CERTA (SP), GETSÊMANI (SP), GOLGOTHA (PR), GROU, IMAGEM DE DEUS (SP), KHORUS (ES), METAMORPHUS (AM), MILITANTES (SP), NOVA TRILHA (DF), ÔNIX 8 (SC), PONTO COM (DF), SION (SP), SUPERNOVAVIDA (DF), SUTURA (PR), VÉRTICE (DF), VESTE BRANCA (SP), VITRI (DF), VOX DEI (CE), VULGATA (PR), etc. Dentre elas, destaque para a OFICINA G3 que, após sua ida para a MK Music, ficou muito mais famosa, tornando-se a banda evangélica da década.
Depois de 36 anos de seu início, a banda paulista EXODOS lançou seu primeiro disco, o CD 1970 - 1977 (2006) registrando 13 canções ao ritmo de rock, além de ter blues e country com sonoridade roqueira. Um CD de boa qualidade, desde as letras até a parte instrumental, acompanhado de um dos mais belos encartes de cd do rock evangélico.
Há também alguns cantores que gravaram discos de rock, ou com o predomínio do rock. É o caso do cantor CATALAU, ex-Golpe de Estado, que lançou o CD Jesus está voltando (2003). Foi o caso, também, do BROTHER SIMION com os CDs A volta de Jonnhy (2003) e Eclipse (2004). PAULINHO MAKUKO lançou o CD 12 (2005). Manga, ex-Oficina G3, lançou 2 CDs de rock. O goiano JÔNATAS DUARTE lançou o CD Metrópolis, onde se destaca os belos solos de guitarra. O ENOCK LOU, ex-cover do Raul Seixas, lançou seu 3º CD intitulado A senha (2002). Teve ainda o cearense ALEX ALVES com seu CD Vigilância 24 horas (2005). Por fim tivemos aí o PG, ex-vocalista do OFICINA G3, com 3 CDs gravados: Adoração (2004), De um lado a outro (2006) e Eu sou livre (2007)..
Vale ressaltar que embora não sejam grupos que possamos chamar de bandas de rock, as bandas de metal ou de white metal, são frutos do rock, ou seja, têm suas raízes no rock. A maioria delas optaram por cantar em inglês, entretanto teve algumas que lançaram discos em português, tais como as bandas ALFA (PR), ANTIDEMON (SP), DESERTOR (PR), IRA DIVINA (SE), RODOX (SP), SKYMETAL (MG) e TRINO (ES). Dentre essas vale destacar a banda RODOX do Rodolfo, ex-Raimundos, que lançou 2 CDs na linha hardcore: Estreito (2002) e Volume II (2003). Depois o Rodolfo deixou o RODOX, iniciando sua carreira-solo com o CD Santidade ao Senhor (2005).

CONCLUSÃO

Pelo que se tem visto o rock evangélico continuará seguindo sua jornada, apesar dos preconceitos e oposição, evidenciando não ser um estilo de moda. E como há muita gente produzindo canções de rock, este parece caminhar para uma vida longa. Por outro lado vale ressaltar que cada vez mais nota-se uma excassês de CDs de bandas novas nas lojas evangélicas. Como muitos cantores e bandas estão gravando CDs independentes, por causa do pouco interesse das gravadoras evangélicas, está cada vez mais difícil ter acesso a essas obras. Uma possível solução para isso seria haver uma gravadora ou selo especializado só em rock evangélico. Ela poderia produzir e distribuir para todo o Brasil CDs de bandas já famosas, como também estar constantemente aberta ao trabalho de novas bandas. Se for o caso, poderia até promover festivais para revelar novos talentos. Em suma, para que o rock continue avançando no meio evangélico, é preciso abastecer o mercado com qualidade, variedade e renovação.
FONTE: De Bem Com a Vida

Download - Johnnÿ Dias - Single I

Disponibilizo aqui duas músicas que gravei em 2010, cada uma para um projeto diferente. A primeira, "Best", é uma introdução de uma música chamada "O Melhor", gravada para o Tesouro Maior na demo "Novo Universo". Gravada com apenas teclado, é um som próximo do rock progressivo. Já a segunda, "Sinister Age" é uma segunda versão dessa música, gravada para o Discipulator na demo "Darkness in 20th Century". Sua sonoridade é mais próxima de um dark ambient, uma vertente de doom metal mais instrumental, mas com vocais não cantados, e sim declamados. Confiram nesse link e divulguem!

Missões?

Vi o vídeo a seguir no site do Manifesto. Paul Washer, neste vídeo, dá o seu parecer sobre 'missões nos dias de hoje.' E os fatos apresentados são verdade, querendo ou não.


Me faz lembrar de um versículo: 'Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?'(Lucas 18:8) Pense, reflita, e mude. Deus quer te usar da maneira certa: a maneira Dele.

A intolerância de Críticos de rock cristão - Exposta!

Por Bruce Carter

É preciso muito para me irritar. Eu me orgulho em ser capaz de me dar bem com quase todo mundo. As pessoas que me conhecem pessoalmente sabem que eu sou uma pessoa de integridade, com uma fé profunda e duradoura no Senhor Jesus Cristo, como demonstrado por uma atitude cristã para com todos que encontro. Eu conheço muitas poucas pessoas que eu não pude obter amizade. Eu conto entre os meus amigos pessoais pessoas com quem tenho diferenças substanciais - judeus, muçulmanos, mórmons, testemunhas de Jeová, ateus. Minha amizade com eles não se baseia apenas no desejo de "converter-los". Embora eu sempre esteja disposto a conversar com eles sobre a fé em Jesus quando e se perguntarem, eu não forço a minha religião goela abaixo - e recebo a mesma consideração deles em troca. Eventualmente, se a minha fé é real e boa, a verdade de uma vida suave, amorosa e sincera vai levá-los a pedir a minha fonte de paz. Eu também tenho amigos pessoais que estão envolvidos profundamente no pecado - adultério, homossexualismo, drogas, bruxaria, gula e ganância. Meu desejo é que eles se arrependam e se voltar para Jesus Cristo. Enquanto eu afirmá-los como amigos, eu não me envolvo em seu pecado. Um conselho vindo de mim não fará nada para mudá-los - o seu desejo de se arrepender deve vir da direção do Espírito Santo. Se me pedem para fornecer ajuda ou conselho, vou dar tanto em abundância. Se não, vou dar o exemplo.

Esta é a marca de um cristão maduro, aquele que compreende que Deus deu ao homem o livre-arbítrio, e que, por vezes, é rejeitar a Deus e Sua bondade. Talvez a única coisa verdadeira que satanás nunca disse que era uma pergunta que fez a Deus na sala do trono - que Jó te ama livremente, ou é porque você tem abençoado?

Jó 1.6-11: Um dia os anjos vieram apresentar-se perante o SENHOR, e Satanás também veio com eles. O Senhor disse a Satanás: "De onde você vem?" Satanás respondeu ao Senhor: "De rodear a terra, e indo e voltando na mesma." Então o Senhor disse a Satanás: "Você viu a meu servo Jó? Não há ninguém na terra semelhante a ele. Ele é íntegro e reto, um homem que teme a Deus e evita o mal". "Será que Jó teme a Deus por nada?" Satanás respondeu. "Você não colocou uma cerca em volta dele e de sua família e tudo que ele tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e seus rebanhos e manadas estão espalhados por toda a terra. Mas estende a tua mão e tudo o tira dele tudo o que tem, e ele certamente vai te amaldiçoar a sua face."

A Resposta final de Deus era para permitir que as bênçãos fossem tiradas, e Jó questionou - o que não é errado - mas ele não amaldiçoou a Deus. Deus deu a Jó - e a nós - o dom do livre-arbítrio. Nós não amamos a Deus porque somos obrigados a isso, nós amamos a Deus porque nós escolhemos. Se o próprio Deus manda termos livre escolha, quem sou eu para questionar essa decisão? Eu deveria bater um judeu na cabeça para dominá-lo assim que ele vai ouvir a Palavra de Deus? Eu deveria pregar sobre a gula para a mulher que está lutando com isso? Claro que não! Eu levaria os dois para longe de Jesus Cristo. Se eu mostrar meus vizinhos que Jesus os ama incondicionalmente, não importa se há ou não vontade neles, é uma chance de que eles virem para a igreja comigo, eles são muito mais propensos a aceitar um convite assim. É não “forçar a barra”, a amizade é "sem amarras". Nós dois seremos enriquecidos. Se eu perder peso sozinho e uma senhora gorda vê o que eu fiz - eu vou ser muito mais credível quando eu digo que Deus através de Jesus Cristo pode livrá-lo do pecado. Essa é uma abordagem muito melhor do que em países muçulmanos, onde os líderes religiosos falidos aprovam leis tornando-se contra a lei, punível com a morte, se você sair do islamismo. Nada fazem mais do que invalidar a sua religião. As pessoas são muçulmanas porque eles são forçados a ser muçulmano. Se Maomé tinha qualquer fé em Deus - ele deve estar agora de cabeça baixa sentindo desonra. A religião que ele estabeleceu só pode existir se as pessoas são forçadas a ser um membro.

Eu estou escrevendo isto no dia 14 de setembro de 2001 - três dias após o ato mais horrendo de guerra já perpetrado contra os Estados Unidos. Parece de muitas maneiras que Deus teria retirado a sua bênção de nossa terra, que muitas das liberdades que desfrutamos alguma vez serão limitadas a um grau para que possamos ser mais seguros. Uma viagem para o aeroporto irá conduzir este ponto em casa para quem duvida. Mas eu optei por mostrar ao país hoje, em uma hora de oração e reflexão, a reflexão sobre a bondade de Deus. Um conhecimento seguro que na provação que estiver por vir, Deus nos livrará das mãos do maligno e continuará a manter a mão de bênção sobre o último bastião de liberdade deixado no mundo. Deus não levantou Sua mão de bênção de nossa nação. Humilhamos-nos, arrependemos do pecado, e oramos.

Há aqueles que tirariam o direito de homens livres de ter uma escolha. Eles iriam impor o islamismo em nós, destruir nossa fé e capacidade de servir a Jesus Cristo. O desejo de controlar a vida dos outros parece ser o mais forte desejo humano de todos, superando o desejo de sexo, até mesmo o desejo para a própria vida - como os pilotos suicidas revelaram. Estes homens maus vão parar em nada para nos fazer todos muçulmanos fundamentalistas - como são - para sua própria religião falida de alguma forma ser validada quando eles estão cercados por clones de si mesmos. Os espíritos de miséria e solidão têm um único desejo - para infligir-se sobre todos os outros que isso não parece tão infeliz e solitário, quando todo mundo está no mesmo barco.

Tenho documentado o fato de que em outros lugares o controle de fanáticos não se limitam aos terroristas muçulmanos. Eles estão vivos e bem na igreja cristã - que muitas vezes oferece um refúgio para pessoas que gostam de autoridade perpetuada. Eles querem tirar a nossa liberdade para adorar a Deus em nossa própria maneira - como uma escolha de estilo de adoração, estilo musical, estilo de ensino e tradução da Bíblia. Eu reproduzo sem alterar os e-mails mordazes dos fanáticos da organização "King James Only", que querem forçar a igreja a usar apenas uma tradução. A falta do respeito de David Wilkerson, que recentemente lançou uma página de e-mails escritos por seus seguidores dirigidas a mim - porque os e-mails eram tão ruins - tão cheio de ódio, eles só serviram para desacreditar sua validade como um líder cristão! O fruto foi a sua produtora de ministério - fruto da semelhança de Cristo, ou o fruto amargo que eu estava recebendo? Também recebi e-mail após e-mail de tolos que não se preocupam em ler o site inteiro, e me fizeram perder meu tempo relendo os mesmos velhos argumentos cansados que já responderam como se fossem a única palavra de Deus sobre o assunto. Assim como os terroristas muçulmanos estão tentando tirar a nossa liberdade de culto - por isso são esses fanáticos, que tiraria as nossas escolhas na adoração!

Numa época em que nosso país está em um estado de luto nacional, a única coisa apropriada para estações cristãs no país a fazer é enviar a mensagem da restauração, da provisão de Deus no tempo da angústia. Se é uma estação de doutrina cristã, uma estação de hino, ou uma estação de rock cristão - todos se uniram em um acordo para acalmar uma nação profundamente ferida por aqueles que não têm tolerância de nosso modo de vida. Cada estação de rock cristão do país compartilha o profundo espírito de luto, de oração, de arrependimento, de restauração - e está fazendo todo o possível para ministrar para suas audiências. Mas - num momento em que todos nós devemos estar chegando juntos no Senhor, falando ombro a ombro com cada um com raiva, o justo Deus contra o opressor - sabe que o que chega ao meu email? Uma declaração flagrante de desunião. Uma declaração de fanatismo, que tenta atacar e invalidar a fé daqueles de nós que preferem o estilo de rock cristão de música, aqueles que o executam profissionalmente, e aqueles que o transmitem. Numa altura em que os cristãos de todos os gostos musicais eram supostamente para estar em união, louvando a Deus e pedindo a sua bênção sobre a nossa nação no conflito que vem, recebi o seguinte (reproduzida na íntegra, sem alterações):

“Sei que isso soa sarcástico, mas é realmente significou para nos fazer pensar sobre a ‘verdadeiramente reconfortante’ mensagem de padrão para a música cristã - Eu acho que eu tenho que admitir que nunca escutei nenhuma música rock cristão que pudesse consolar uma pessoa de luto, mas então eu não ouvi muito de seu rock cristão, então talvez não sou o melhor juiz. Considere um cenário como este: À luz da tragédia ocorrida em Nova York, talvez alguns ‘Rock cristãos’ iriam confortar essas pessoas? Deus me livre de usar qualquer um dos ‘velhos, lentos, sombrios’ hinos que transmitiu a ‘Fé dos nossos Pais’ - é tão ultrapassado, como poderia trazer conforto - talvez os fogos de artifício trariam um sorriso ao rosto de um cristão e os ajudariam a esquecer o que acabamos de ver - Ou será que uma canção como ‘Amazing Grace’, ‘O Deus da Montanha ainda é Deus no Vale’, ‘Castelo Forte é Nosso Deus’ são consideradas ‘muito singular e fora do lugar, porque estamos em 2001’? - Não, mil vezes não - precisamos desses hinos, mesmo neste dia, como eles falam ao coração, como rock cristão nunca poderia - em tempos de grande necessidade, eu acho que você vai encontrar o coração humano anseia por um pouco de calma, uma sobriedade pouco, um pouco de humildade diante de um Deus Todo-Poderoso e permitirá que o adorador de ‘Aquietai e sabei que eu sou Deus.’ Esses hinos têm resistido ao teste do tempo - e se essa carnificina continua, pode ser CULPA dos gostos musicais dos jovens, então, retornemos ao que é verdadeiramente significativo e não apenas uma ‘moda passageira’, que é o que eu acredito que o rock cristão seja - eu acredito mesmo que você teria que admitir que na maioria dos casos, quando você enfrentar as tempestades de sua vida, música cristã de Rock, com as referências minúsculas sobre as Escrituras, e, principalmente, show e emoção, não são suficientes para manter e incentivar nos momentos de grande tristeza - na minha opinião, de qualquer maneira, estou muito certo de sua posição não mudou e você ainda acredita que Christian Rock é o que as pessoas precisam – considere então a seguinte escritura - e, também, pensar que a América é dirigida e onde o mundo está indo e o que precisamos - realmente precisa - é rock cristão apenas um ‘luxo’ a medida em que a música está na causa, ou ele preenche a necessidade interior de profundidade espiritual do homem? Peça a Deus - Eu sei como me sinto sobre isso, eu já lhe disse e posso te dizer que eu não conheço ninguém que escuta rock cristão para o conforto neste momento - talvez você conheça pessoas que fazem - se assim for, acho que a sua necessidades internas são um pouco diferentes do que as pessoas que são de Deus há muito tempo.

II Pedro 3:11-12 ‘Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que você sejam? Vivam de maneira santa e piedosa, esperando o dia do Deus e apressando a Sua vinda. Naquele dia os céus serão desfeitos pelo fogo e os elementos se derreterão pelo calor.’

Não me importo de lhe dizer - Eu estava indignado com essa expressão de intolerância de um - adivinhem? – seguidor de David Wilkerson. Olhe para a última frase "suas necessidades interiores são um pouco diferentes do que as pessoas que são a Deus há muito tempo" - o que um insulto, literalmente, centenas de pessoas tementes a Deus, cristãos jovens que tenho conhecido ao longo dos anos no ministério da juventude! Essa pessoa se ofendeu ao extremo por eu ter compararado sua intolerância ao dos fanáticos muçulmanos. Eu posso ver algumas semelhanças reais, no entanto! Estes fanáticos anti-rock não acreditam que você está salvo. Eles não podem conceber que são comprados por Deus. Eles iriam ‘limpar’ cada um de vocês da igreja - talvez eles não vão soltar aviões em edifícios para se livrar de você, mas seus corações estão cheios de ódio por seu estilo escolhido da música de adoração, independente se VOCÊ tem ou não verdadeira fé! Você não iria ser valorizado na sua igreja para ter cargos de responsabilidade, liderança, ou mesmo um serviço sequer. Eu ouvi de um jovem que não tinha permissão para esfregar SANITÁRIOS - por causa de seu estilo escolhido da música de adoração! Gostaria de lembrar a todos vocês - e do escritor do e-mail acima - que este tipo de espírito de ódio é o mesmo que o espírito de assassinato. O presidente George W. Bush disse que não fará distinção entre aqueles que cometem os atos, e aqueles que os abrigam. DEUS não faz distinção entre aqueles que odeiam, e aqueles que cometem assassinato:

Romanos 13:9 Os mandamentos: "Não adulterarás", "Não matarás", "não furtarás", "Não cobiçarás", e se há algum outro mandamento, se resumem nesta regra: "Amai a teu próximo como a ti mesmo."

1 João 3:15 Qualquer que odeia a seu irmão é assassino, e vocês sabem que nenhum assassino tem a vida eterna nele.

Então eu acho que a minha analogia com os terroristas está CORRETA. Agora você vê o verdadeiro espírito por trás dos fanáticos que odeiam rock cristão. É o desejo de tirar a sua liberdade para adorar a Deus em sua própria maneira. O desejo de tirar a sua individualidade, a sua liberdade de pensamento. É o desejo de destruir cada gravação de rock cristão existente, o desejo de bani-lo das ondas de rádio, para parar o seu desempenho. É o desejo de forçar a uniformidade na adoração através da placa em igrejas cristãs. É um ódio da juventude, um ódio de idéias novas e criativas, um ódio de mudança - um desejo completamente auto-centrado para estar no controle final - a ser um ditador religioso e voz da "verdade" - o desejo de legislar fora a existência de alguém que quer adorar de uma forma diferente. É o espírito de assassinato, de acordo com as escrituras. E estou indignado, com raiva, pelo Santo e Justo Nome do Senhor.

Texto original em inglês.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores

Palavras da Verdade

2014 (1) Aborto (4) acepção de pessoas (2) adoração (7) adversidade (1) África (1) amizade (1) amor (15) amor de Deus (11) aniversário (1) ano novo (2) anorexia (1) ansiedade (4) anticristo (1) antropocentrismo (1) Apologética (9) Apologética - Ekklésia (2) Apologia (1) arado (1) Argumento Cosmológico (1) arte (1) artes marciais (1) árvore da vida (1) Assembléia de Deus (1) astrologia (1) ateismo (1) ateísmo (4) atitude (3) ato profético (2) auto-estima (2) banda (1) Banda Envoy (1) batalha espiritual (1) batalhas (1) Beijo (2) bençãos (1) Bíblia (10) bíblico (1) blasfêmia (4) blog (3) boatos (2) brasil (2) C. S. Lewis (1) caminho (2) capitalismo (1) Carnaval (3) Cartas (2) cartas de Paulo (1) casamento (6) casamento homossexual (1) cds (1) Céu (1) chavões (1) Ciência e Fé (1) citações (1) CMFreak (1) coisas da alma (1) Comportamento (5) Confiança em Deus (5) confiar (1) confissão (1) conflitos (2) conforto (1) conhecimento (1) consumismo (4) contenda (3) contexto (1) controle de Deus (5) convicção (1) cordeiro (1) corrupção (1) Cosmovisão (1) Cotidiano (13) crente raimundo (2) crer (1) Criação do mundo (1) crianças (5) crime (1) cristão (8) cristianismo (5) Cristo (6) critica (1) críticas (5) Crônicas Eclesiásticas (1) cruz (4) cultura (1) cura espiritual (1) Davi (1) decepção (1) declarações falsas (1) degradação dos lares (1) democracia (1) Denúncias - Falsas doutrinas (4) dependência de Deus (4) depressão (1) desabafo (2) desafios (1) Desciclopédia (1) desejos carnais (1) desperdício (1) desprezo (2) Destaque (1) Destaques (1) destinos (2) Destruíndo a mentira (4) desviados (1) Deus (16) Devocionais (2) devocional (1) Dia das Crianças (2) diabo (1) dicotomias (1) dinheiro (1) direito animal (1) discussões (1) distorção (1) divisão (3) divórcio (1) dízimo (1) dízimos (1) doutrinas (2) download (6) droga (1) Ebooks (7) Edir Macedo (3) egoísmo (1) Eleições 2010 (2) Eliel Vieira (2) elogios (1) erros (4) escarnecedor (1) escolhas (1) Espírito (1) espiritualidade (6) estilo musical (3) estudos (4) eternidade (1) eu (3) evangelho (13) Evangelicalismo (2) Evangelismo (7) Eventos (2) exegese (1) exéquias (1) Existência de Deus (1) experiências (1) Expiação (1) expressões idiotas (1) extremismo (1) falatório (1) falsa (1) falsos apóstolos (2) Falsos profetas (6) fama e fortuna (1) família (2) fanatismo (2) farisaísmo (9) (9) feiura (2) felicidade (1) feminismo (1) festa (2) Ficha Limpa (1) fidelidade (1) filhos (1) Filosofia (2) Fofoca (7) fogueira santa (1) fome (1) forever alone (4) frases (1) fundamentalismo (6) futuro (2) Garota Cristã (1) Genizah (5) glória apenas a DEUS (4) Gospel (18) graça (5) guerra (1) Hardcore cristão (1) hebraismo (1) hedonismo (2) Heresias (10) Hermes Fernandes (2) hino (1) Hipocrisia (3) Homem (3) Homossexualidade (3) homossexualismo (1) honestidade (1) honra (1) humor (10) idéias (1) Idolatria (3) Igreja (20) igreja adormecida (11) Igreja Batista Westboro (1) Igreja não-institucional (1) Igreja Universal (1) imagens (6) imoralidade (1) ímpio (1) Internet (1) interpretações (2) intervenção (1) Intimidade (2) ironia (2) Jesus (20) João Batista (1) jornada (1) José Wellington (1) jugo desigual (1) Juízo Final (1) justiça (2) juventude (1) le penseur (5) legalismo (1) lembranças (1) letras (32) liberdade religiosa (1) LIBRAS (1) Liderança. Missões (1) líderes evangélicos (3) links (1) liturgia (1) Livre Pensamento (1) lixo (3) Lobos (1) logos (1) loucura (1) louvor (4) louvorzão (1) lutas (2) luz (1) Macumba (1) mandinga (1) manifesto (2) manipuladores (1) Marco Feliciano (2) Marketing da Fé (1) Martin Luther King (1) masturbação (2) meditação (4) meditações (7) Melhor de Deus (1) memorando (5) meninas (1) mensagem (1) Mensagens (1) mentiras (2) mercantilismo (2) metal (9) mídia (2) milha (1) ministério (1) Ministérios Jovens (1) missionários (2) missões (7) missões urbanas (4) misticismo (1) Modas (1) momentos (1) moral (1) Morte por amor (1) Movimento Underground (6) mulher (1) mundanismo (2) mundo (1) musica (1) música (40) Música para crianças (1) música ruim (4) Música secular (4) namoro (5) Não Morda a Maçã (1) natal (1) natureza (2) Necessidades Espirituais (1) Negar a fé (2) neopentecostalismo (2) neutralidade (1) Nostradamus (1) notícias (2) nova era (1) Nova geração (1) obra de Deus (2) obrigação (1) ocidente (1) ódio (1) ofertas (1) óleo santo (2) Opinião (1) oração (3) orgulho (1) paciência (1) padrão de beleza (3) pagão (1) paixão (3) palavra (2) palavras (1) para pensar (1) parábolas (1) parcialidade (1) partidarismo (1) Pascoa (1) pastor (3) pastores ladrões (4) Paulo (1) paz (1) pecado (12) pedofilia (1) pensamentos (14) pentecostalismo (1) perfeito (1) perguntas (1) perversão sexual (3) pessoas (1) planeta (1) planos (1) pobreza (1) Podcast (1) poder de Deus (1) poema (1) Poeminhas (2) Poesia (10) politica (4) política (7) ponto eletrônico (1) Pornografia (3) portas abertas (1) práticas humanas (4) preconceito (4) pregação (2) prostituição (1) protesto (1) Provérbios (1) Púlpito (1) Púlpito Cristão (3) púlpito político (6) R.R. Soares (1) rapidinha (1) razão (1) realidade (1) rebelde (1) reflexão (24) reflexões (36) Rei (1) Reino (2) rejeição (1) relacionamento amoroso (3) Relacionamentos (4) religião (2) religiões (2) religiosidade (12) Renascer em Cristo (1) Renato Vargens (2) respeito (2) Resposta dos hereges (2) reviews (1) Ricardo Gondim (2) ritmo (1) rock (2) romanos (1) rosa ungida (1) sabedoria (3) sacrifício (3) Salmos (1) salvação (2) Samuel Câmara (1) Sandro Baggio (1) santidade (7) Santificação (3) Santo (1) Sarah Sheeva (1) satanismo (4) Satanologia da Prosperidade (19) saudade (1) Secular (1) segredos (1) sentimentos (6) ser completo (1) sexo (8) Shows (3) signos (1) Silas Malafaia (8) símbolos (1) sinais (2) soberania (2) Sociedade (4) sofrimento (2) solidão (1) solteiros (1) sonhos (1) Steve Jobs (1) stress (1) subversão (1) sujeira (2) talentos (1) televangelismo (1) tempo (1) Tempo pra Deus (1) teocracia (1) Teologia (3) Teologia da Prosperidade (15) teologia relacional (1) Teoria da Conspiração (2) terapia do amor (24) terrorismo (1) Testemunhos (2) texto fora de contexto (1) trabalho (3) tradução (3) traição (3) tribos urbanas (1) tribulação (1) Twitter (1) UFC (1) unção (1) V.E.R. (2) Valdomiro Santiago (1) valores (3) ventre (1) verdade (10) verdades (5) Vício (1) vida (6) vida cristã (10) vida sentimental (34) vidas (1) Vídeo (9) Vídeos (12) vingança (1) violencia (1) vitória (1) volta de Cristo (1) vontade de Deus (5) voto consciente (2) William Lane Craig (1)